Dia de Tiradentes (21 de Abril)

Dia de Tiradentes

Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes - reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira, patrono cívico e herói nacional - nasceu em Minas Gerais em 1746 e faleceu em 21 de abril de 1792 no Rio de Janeiro. Em Vila Rica e arredores participou, aliado a integrantes do clero e da elite mineira, de um movimento a favor da independência daquela província, movimento este que teve, como principal motivação, a decretação de um imposto que obrigava os moradores das Minas Gerais a pagar, anualmente, cem arrobas de ouro, destinadas à Real Fazenda. Com a decretação da derrama - uma medida administrativa que permitia a cobrança forçada dos impostos atrasados - O sentimento de revolta atingiu o máximo.  

Porém, antes que a conspiração se transformasse em revolução, o movimento foi delatado e os conjurados presos. Tiradentes foi o único a assumir toda a responsabilidade pela "inconfidência", inocentando seus companheiros. Presos, os inconfidentes aguardaram três anos pela finalização do processo, no qual alguns dos conjurados foram condenados à morte e outros ao degredo. Entretanto, por carta de clemência de D. Maria I, raínha de Portugal todas as sentenças foram alteradas para degredo, à exceção de  Tiradentes, que permaneceu com a pena capital. E assim, no sábado de 21 de abril de 1792, Tiradentes foi enforcado no Campo da Lampadosa, atual Praça Tiradentes.

Atualmente, Tiradentes é considerado Patrono Cívico do Brasil, e a data de sua morte, 21 de abril, feriado nacional. Como Herói Nacional, seu nome consta no Livro de Aço do Panteão da Pátria e da Liberdade.

 

Destaque

(Artigos +Rio)