• Museu Nacional de Belas Artes (Centro)

• Museu Nacional de Belas Artes (Centro)

...

...

ÁREA TURÍSTICA ZONA CENTRAL

ESPAÇO TURÍSTICO CINELÂNDIA

..

MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES

...

​...

É o mais importante museu de arte brasileira do século XIX. Sua sede atual foi inaugurada em 1938, mas sua história remonta a 1808, data da chegada da família real portuguesa ao Rio de Janeiro, figurando, como núcleo inicial de seu acervo, obras de arte de D. João VI que, após seu retorno à Europa, permaneceram no país.

De construção eclética, possui fachadas em diferentes estilos: a principal, na Avenida Rio Branco, é inspirada na Renascença francesa, com frontões, colunatas e relevos em terracota representando as grandes civilizações da antigüidade, além de medalhões pintados com retratos dos integrantes da Missão Francesa e outros artistas brasileiros; as laterais, mais  simples, fazem referência à Renascença italiana e apresenta mosaicos parisienses com figuras de arquitetos, pintores e teóricos da arte; a posterior é um exemplo mais puro e austero do Neoclassicismo, com relevos ornamentais. Na decoração interna foram usados materiais nobres como mármores e mosaicos, estuques, cristais, cerâmicas francesas e estatuária. 

Com mais de 6.700 m² de áreas de exposição e extensa área de reservas técnicas, possui  um Departamento de Conservação e Restauração, com laboratórios para trabalhos de pintura e papel e a Oficina de Molduras e Gesso.

Sua Biblioteca, especializada em artes plásticas dos séculos XIX e XX, reune obras raras e coleções de periódicos, monografias e catálogos de exposições, além de documentos e fotografias que registram a história da instituição desde a Academia Imperial de Belas Artes, incluindo acervos pessoais de alguns artistas.

...

Acervo

Ampliado ao longo do século XIX e início do século XX, conta com cerca de 15.000 peças, entre pinturas, esculturas, desenhos e gravuras de artistas brasileiros e estrangeiros, além de uma coleção de arte decorativa, mobiliário, arte popular e um conjunto de peças de arte africana. 

...

Pintura

Destaque para o grande acervo de arte brasileira, o mais importante do país, que permite a reconstituição, com grande variedade de exemplares de primeira linha, de toda a trajetória da pintura brasileira desde o início do século XIX até os dias de hoje.

Com peças dos integrantes da Missão Francesa (Nicolas-Antoine Taunay, Félix Taunay, Jean Baptiste Debret)

Com a obra dos estrangeiros que participaram do círculo da Academia Imperial (Nicola Facchinetti, François-René Moreaux, Abraham-Louis Buvelot, Giovanni Battista Castagneto, Johann Georg Grimm, José Maria de Medeiros, Augusto Rodrigues Duarte, Henri-Nicolas Vinet)

Com a produção de brasileiros, professores ou alunos da Academia Imperial, como Victor Meirelles, Agostinho José da Mota, Pedro Américo, Almeida Júnior, Henrique Bernardelli, Rodolfo Amoedo, Pedro Weingärtner, Zeferino da Costa, Belmiro de Almeida, Antônio Parreiras, Décio Villares, Galdino Guttman Bicho, Arthur Timótheo da Costa e Eliseu Visconti. 

Entre os artistas modernos destacam-se Candido Portinari, Carlos Oswald, Djanira, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Vicente do Rego Monteiro, Antônio Bandeira, Guignard, Cícero Dias, Lasar Segall, José Pancetti, e Jorge Guinle Filho. 

Os períodos colonial e modernista estão representados com menor número de peças, com as seguintes obras mais conhecidas do público

  • Café (Portinari)
  • Gioventù (Eliseu Visconti)
  • Batalha do Avaí (Pedro Américo)
  • A Primeira Missa no Brasil (Victor Meirelles)

• Seção de pintura estrangeira, concentrada na arte européia do século XIII ao XIX, com um importante núcleo de obras barrocas italianas

...

Escultura

Com uma série de cópias de estátuas célebres da antiguidade e outras produzidas por professores e alunos, bem como aquisições e doações de peças ao longo do tempo, estrangeiras e nacionais. 

...

Arte sobre papel

Gravura, desenho, aquarela e outras técnicas que utilizam o papel como suporte, com mais de 2.500 de peças somente na seção de gravuristas brasileiros, e quase 4 mil desenhos. 

...

Outras coleções

Núcleos menores mas interessantes são o conjunto de 106 peças de escultura africana, as obras de arte popular, ingênua ou primitiva, a imaginária sacra, o mobiliário, as artes decorativas, a numismática e a glíptica.

...

Saiba mais

...

...

Minhas lembranças do Rio 

>>> Facebook +Rio

>>> Atrativos do Rio (inglês  / espanhol )

...

...

SEJA UM ASSOCIADO MAISRIO E DESFRUTE DE 

Vantagens: gratuidades, prêmios e descontos em caminhadas; participação em sorteios; descontos exclusivos em produtos; e muito mais.

>>> LINK PARA SE ASSOCIAR