Glória de Vivaldi (Cidade das Artes - domingo, 10 de novembro às 17h)

Glória de Vivaldi

 

Compre Aqui O Seu Ingresso

https://www.ingressorapido.com.br/event/33063-1/d/66171

 

 

...

Data: 10 de novembro  

Horário: domingo às 17h 

Local: Cidade das Artes 

Endereço: Avenida das Américas, 5.300 - Barra da Tijuca – RJ

http://cidadedasartes.rio.rj.gov.br/programacao/interna/1149

...
...

 

O Coro da ACC (Associação de Canto Coral) e a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro apresentam uma das composições mais populares de Antonio Vivaldi, o Gloria, RV 589, no domingo, 10 de novembro, às 17h, na Cidade das Artes. O programa inclui também a Serenata para Cordas, op 22 de Antonín Dvorák. Regência do maestro e diretor musical da ACC, Jésus Figueiredo. 

A música do gênio italiano Antonio Vivaldi (1678-1741) é enérgica, contundente, dramática, alegre e, de certa forma, minimalista. Vivaldi foi um dos primeiros a fazer uso de contínuas repetições de um mesmo tema, ou fragmento de tema, como técnica de composição, uma escola que ganhou enorme força somente a partir da segunda metade do século XX, com compositores como Philip Glass, Steve Reich e John Adams.
 
 Somente nas últimas décadas do século XX, estabeleceu-se um total de 21 obras cuja autoria de Vivaldi é incontestável. Entre elas a mais conhecida e popular é o Gloria, uma das primeiras obras do compositor modernamente executadas, em setembro de 1939, na Academia Musicale Chigiana, em Siena. O Gloria foi também a primeira obra sacra de Vivaldi gravada em disco logo após a Segunda Guerra Mundial.

 O maior fator da popularidade do Gloria, segundo pesquisadores, é ser o equivalente, na música sacra, de As Quatro Estações. Ou seja, é música acessível e imediatamente compreensível. Vivaldi transportou para o domínio religioso as características de sua música instrumental concertante e de sua produção lírica. O resultado é arrebatador. O Gloria é uma das partes fixas da Missa, aquelas que não variam na celebração, assim como o Sanctus, o Credo, o Aguns Dei e o Kyrie. De estilo barroco, Vivaldi compôs 770 obras, sendo 477 concertos e 46 óperas.

Escândalos

Vivaldi foi acusado de ter tido vários casos amorosos, um deles com uma aluna, a cantora Anna Giraud, com a qual ele também era suspeito de manter atividade comercial nas velhas óperas venezianas, adaptando-as às capacidades vocais de sua suposta amante.

...

...

 

Minhas lembranças do Rio 

>>> Facebook +Rio

>>> Atrativos do Rio (inglês  / espanhol )

...

...

...