Imperdíveis

  • Mosteiro de São Bento

    Mosteiro de São Bento. IMPERDÍVEL. O Mosteiro de São Bento de N. Sra. da Conceição surgiu aproximadamente vinte anos após a fundação da cidade do Rio de Janeiro, em 1565. Em 1602, a igreja passou a se chamar N.Sra. de Monserrat.

    Leia Mais >>
  • Jardim Botânico do Rio de Janeiro

    Jardim Botânico do Rio de Janeiro. IMPERDÍVEL. Um santuário ecológico que abriga as mais raras espécies de plantas da flora brasileira e de outros países e um deleite para aqueles que querem contemplar a natureza. Trata-se de um museu vivo com mais de oito mil espécies vegetais, com destaque para as palmeiras imperiais, o pau-brasil, o aracá amarelo, o pau mulato, os canteiros medicinais e os jardins japoneses.

    Leia Mais >>
  • Museu do Amanhã

    O Museu do Amanhã, projetado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, é um espaço cultural com acervo imaterial e tecnológico centrado na ideia que o amanhã não está definido, não tem data nem calendário, em um roteiro de experiências, algumas sensoriais, provoca a interação com cinco questionamentos: De onde viemos? Quem somos? Onde estamos? Para onde vamos? Como queremos ir?

     

    Leia Mais >>
  • Pista Cláudio Coutinho (Praia Vermelha)

    Pista Cláudio Coutinho. Na Praia Vermelha ao sopé do Morro da Urca, uma pequena trilha praticamente horizontal, num local na cidade do Rio de Janeiro com atrativos paisagísticos e bela vista panorâmica; nela se inicia a trilha íngreme para o Morro da Urca. 

    Leia Mais >>
  • Pedra do Leme

    Pedra do Leme. IMPERDÍVEL. No início da praia oceânica Leme & Copacabana, abriga no topo o Forte Duque de Caxias e na base o Caminho dos Pescadores Ted Boy Marino onde os  visitantes podem desfrutar de um fim de tarde belíssimo assistindo ao por-do-sol e bebendo água de coco em um dos muitos quiosques da região

    Leia Mais >>
  • Escadaria Selarón (Lapa / Santa Teresa)

    Escadaria Selarón. A Escadaria do Convento de Santa Teresa - ligando a Lapa a Santa Teresa - é conhecida como Escadaria Selarón, numa homenagem a Jorge Selarón (Chile /   1947, Rio de Janeiro / 2013), autor da cobertura de seus degráus por azulejos, cerâmicas e espelhos. 

    Leia Mais >>
  • Bairro de Santa Teresa

    Bairro de Santa Teresa. Considerado como "Montmartre Carioca" pelo grande número de intelectuais, acadêmicos e artistas que nele residem, o bairro, com seus ateliês, lojas de antiquários e de artesanato, meios de hospedagem e vários outros atrativos, tornou-se um polo gastronômico, cultural e turístico muito apreciado

     

    Leia Mais >>

Páginas