• Praça Tiradentes

• Praça Tiradentes

 

 

ÁREA TURÍSTICA ZONA CENTRAL

ESPAÇO TURÍSTICO PRAÇA TIRADENTES E RUA DO LAVRADIO

 

  • Localização: Na área das ruas Visconde do Rio Branco, da Constituição, da Carioca, Sete de Setembro, Pedro I, do Teatro,  Gonçalves Ledo, Lavradio e Av. Passos.

  • Como chegar (googlemaps)

 

FATO HISTÓRICO & MONUMENTO

 ...

PRAÇA TIRADENTES

Esta praça está situada num ponto movimentado do centro da cidade do RJ, na confluência da Av. Passos, rua do Teatro, rua Sete de Setembro, rua da Carioca, rua Pedro I, rua Visconde do Rio Branco, rua da Constituição e rua Gonçalves Ledo, e nas proximidades da rua do Lavradio. Tinha como nome original Largo do Rossio Grande, depois Campo dos Ciganos (numa de suas faces laterais um terreno desocupado era aproveitado pelos ciganos para o mercado de cavalos). Nela, em 1747, foi erguida a pequena Igreja de Nossa Senhora da Lampadosa (na porta desta igreja, localizada na esquina da Av. Passos com a Rua Senhor dos Passos, Tiradentes teve seus últimos momentos de recolhimento, a caminho da forca), e o local passou a ser conhecido como Campo da Lampadosa, dando origem à Rua da Lampadosa, atual Rua Luís de Camões.

Em 1808 passou a ser conhecida como Campo do Polé (ao ser construído no local um pelourinho – polé); em 1821 (?) como Praça da Constituição (por ocasião do juramento da Constituição do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves), e finalmente em 1890, com a proximidade do primeiro centenário da morte de Joaquim José da Silva Xavier, passou a se chamar Praça Tiradentes, local onde se diz ter sido enforcado o grande mártir da Revolução Mineira. Em realidade, não foi exatamente na Praça Tiradentes e muito menos em Minas Gerais que Tiradentes morreu. O local exato da execução ficaria a algumas centenas de metros da atual Praça Tiradentes, mais precisamente no que hoje é a esquina da Av. Passos com Rua Buenos Aires. 

O nome atual desta praça homenageia Joaquim José da Silva Xavier (1746-21de abril de 1792), nascido entre São João Del Rei e São José Del Rei (atual Tiradentes) apelidado de Tiradentes pela habilidade com que arrancava e colocava novos dentes feitos por ele mesmo, com grande arte. Em 1787, desgostoso com a riqueza que se ia para Portugal e com a miséria que ficava, Tiradentes encontrou pessoas que tinham idéias de separar o Brasil de Portugal. Logo depois, juntou-se aos Inconfidentes de Vila Rica. Preso por sua ligação com a Conjuração Mineira, foi submetido a vários interrogatórios e forçado pelas circunstâncias — todos os seus colegas o apontaram como líder do movimento — acabou assumindo o envolvimento. Condenado, morreu enforcado em 21 de abril de 1792. Após a execução, seu corpo foi esquartejado e cada pedaço enviado para lugares onde ele tivesse pregado suas idéias libertárias.

Área de muito nomes e moradores ilustres, foi um lugar de boemia que começou com os bailes do Visconde do Ouro Seco em seu Solar e se mantém até hoje na Estudantina, a mais autêntica gafieira do Rio de Janeiro, onde os cariocas continuam a fazer a festa. Nesta praça se encontram os tradicionais teatros João Caetano (inaugurado em 1813) e Carlos Gomes, geralmente com importantes espetáculos, bem como o belíssimo prédio do Real Gabinete Português de Leitura (em estilo néo-gótico português) e alguns bares com música ao vivo como o Centro Cultural Carioca, especializado em choro e samba de boa qualidade. Ao fundo, pode ser vista a Igreja Presbiteriana, único prédio em estilo gótico no centro da cidade.

...

...

Minhas lembranças do Rio 

>>> Facebook +Rio

>>> Atrativos do Rio (inglês / espanhol )

...

...

SEJA UM ASSOCIADO MAISRIO E DESFRUTE DE 

Vantagens: gratuidades, prêmios e descontos em caminhadas; participação em sorteios; descontos exclusivos em produtos; e muito mais.

>>> LINK PARA SE ASSOCIAR